Infantes e cadetes em marcha

A par do processo de recrutamento para novos bombeiros muitas associações humanitárias já têm também em marcha neste momento os seus grupos de infantes e cadetes para um novo ano de atividade.

O processo de recrutamento de novos bombeiros implica meios e disponibilidade para garantir a sua prossecução e conclusão. E isso é um investimento importante que recai sobre as associações, mas não só.

No caso dos infantes e cadetes trata-se de um esforço e de uma dedicação especial que recaem sempre num pequeno grupo de bombeiros e graduados vocacionados para o efeito e do qual depende o andamento das atividades com criatividade para alcançar o objetivo traçado com sucesso. Do trabalho com crianças e jovens depende, em certa medida, o futuro das associações de bombeiros. Mas, além disso, mesmo para os que não desejarem continuar nos bombeiros, o percurso efetuado no seu seio terá sempre servido a pena aos jovens e crianças como escola de cidadania em que as associações mais uma vez se substituem ao Estado e à Escola na formação deles.

 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top