Liga homenageia primeiro sócio da Federação

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) homenageou o primeiro sócio da Federação de Bombeiros Portugueses, que antecedeu a LBP. Trata-se da Associação Humanitária de Bombeiros do Sul e Sueste, Barreiro, cujo estandarte recebeu o crachá de cidadania e mérito. A Associação, por sua vez, ofereceu à LBP cópia do diploma de 1900 que atesta ter sido o associado n. º1 da então Federação.

A LBP inseriu essa homenagem, e outras, nas comemorações do 120.º aniversário da Federação de Bombeiros Portugueses e do 50.º aniversário do 25 de Abril.

Na cerimónia, que decorreu na sede da LBP em Lisboa, e que contou com toda a equipa do MAI, ministra Margarida Blasco e secretários de Estado Telmo Correia e Paulo Simões Ribeiro, foram atribuídas condecorações, ao antigo comandante do RSB, coronel Tiago Lopes (Medalha Jornada Mundial Juventude-JMJ e Medalha Gratidão Covid-19), a PSP e a GNR (Covid-19), a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira (Crachá de Ouro), o dirigente Octávio Machado (Fénix de Honra), o vice-presidente da LBP, comandante Carlos Jaime (Colar de Mérito), e o estandarte da LBP (JMJ).

A cerimónia incluiu também a inauguração da sala “Padre Vítor Melícias” onde está o memorial aos bombeiros falecidos em serviço e o descerramento das placas, “Pátio Comandante Guilherme Gomes Fernandes”, “120.º aniversário da Federação de Bombeiros Portugueses” e “50.º aniversário de 25 de abril de 1974”.

A sala evocativa dos Bombeiros falecidos passa a ser designada como sala “Padre Vítor Melícias”, em homenagem ao presidente honorário e presidente do Conselho de Honra desta Confederação. Trata-se de uma sala representativa do valor intrínseco dos Bombeiros de Portugal e onde se testemunha o seu espírito de sacrifício muitas vezes levado até ao limite.

O Pátio principal recebeu o nome do comandante Guilherme Gomes Fernandes, figura mítica da história dos Bombeiros de Portugal do ido ano de 1900, como forma de perpetuar a sua memória e o feito que lhe está associado. Não esquecer que este comandou a equipa do Corpo de Salvação Pública do Porto que alcançou honrosamente o primeiro lugar no Concurso Internacional de Manobras de Bombeiros realizado em Vincennes, França, por ocasião da Exposição Universal de Paris de 1900.

A Liga dos Bombeiros Portugueses aproveitou ainda a cerimónia para assinalar os 50 anos do 25 de abril, destacando igualmente o número muito significativo de associações de bombeiros que surgiram, entretanto, fruto da dinamização social e associativa que decorreu desde então.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top